Quero de presente um trenó quebrado

 

Feliz Natal!

 

Neste Natal quero de presente um trenó quebrado, posto que a inverdade escondeu-se na ausência; presente bem ausente que, cinicamente, me obriga a crer.

Neste Natal quero a pureza e o sorriso presentes. Estas, sim, não se escondem. Verdades simples. Com elas faço fluir o melhor de mim e não me desfaço em lágrimas. E que jorre hilaridades! Inundo-me de prazer ao zombar das pedras. Dou abraços, muitos abraços aos que se entregam acalorados. Ah!… Um brinde aos encontros! Impeço os execráveis desencontros. Desnudo a minha sensibilidade e caminho com leves passos… Convido a polska para bailar. A verdade emoldura a festa!

Não, não quero de presente um trenó, muito menos quebrado! Não me entrego por pouco… Nem para a mentira que se esconde… Faço-me presente na minha melhor verdade.

 

Autor do texto: JUDSON SANTOS

 

ATENÇÃO!

Todos os direitos autorais reservados. Nenhuma parte das publicações neste site não pode ser reproduzida, armazenada ou transmitida de qualquer forma e por quaisquer meios sem a autorização prévia do autor.

Compartilhe!

1 Comentário

  1. denise

    Linda mensagem……..que realmente a cada dia flua de você o seu melhor!! Deus o abençoe ricamente……..

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *